• Criminal

Criminal

14/02/2019

Tribunal do Júri de Paranaguá condena a 18 anos e 4 meses de reclusão homem acusado de estupro e tentativa de homicídio qualificado

O Tribunal do Júri de Paranaguá, no Litoral do estado, condenou nesta terça-feira, 12 de fevereiro, a 18 anos e 4 meses de reclusão um homem acusado de estupro e tentativa de homicídio qualificado.

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Paraná, em setembro de 2012, a vítima teria sido atraída até a casa do réu sob o argumento de que sua prima queria encontrá-la. No entanto, ao chegar ao local, foi surpreendida por investidas de natureza sexual e, após resistir, foi alvo de violência por parte do acusado, que lhe causou asfixia (utilizando uma corda de nylon), provocando seu desmaio e praticando em seguida a violência sexual.

Após o estupro, a vítima foi deixada em um canil onde havia um cão da raça pit-bull, sendo resgatada por um segurança que ouviu os latidos do animal.

O réu, que está foragido há mais de dois anos, teve a prisão preventiva decretada.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4264

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem